Neste artigo, vamos entender o significado de algumas cores e como funciona a combinação delas. Para aquelas pessoas que estão desenvolvendo sua coleção e sentem dificuldades em como escolher as cores ideais para desenvolver. 

 

Quer saber como desenvolver sua própria coleção? Leia esse artigo do blog Coltex


As cores dão alegria às coisas, dão sensação de bem estar e renovam o ambiente ou a peça. Além disso com elas vem também seus significados e sensações que transmitem, seja em um ambiente, objeto ou peça de roupa, as cores podem sim transmitir sensações à primeira vista. Confira abaixo algumas cores e as sensação que transmitem:

 

Branco - Traz uma sensação de paz, pureza e também sensação de amplitude, limpeza e justiça.

Preto - Sofisticado, preto simboliza força. É uma cor que combina mais fácil com outras cores além de dar a sensação de segurança.

Marrom - Marrom traz sensação de dependência firmeza e simplicidade é uma cor que também nos liga com a terra e com a natureza. 

Vermelho - O Vermelho é uma cor forte que chama a atenção e isso está ligado com emoções como amor.

Laranja - Laranja é uma cor que transmite coragem, otimismo e alegria.

Amarelo - Amarelo é uma cor que transmite criatividade, cor que está ligada ao intelecto.

Verde - Verde  está ligado a natureza e bem estar e saúde, simboliza cura e estabilidade.

Azul - a cor azul inspira paz e serenidade, confiança e integridade. Transmite também transparência, ligado à verdade, limpeza, futuro e tecnologia.

Roxo - O Roxo é uma cor luxuosa que expõe riqueza e ao mesmo tempo também mística. Está ligada à introspecção, nos permitindo refletir em nossos pensamentos.

Rosa - Rosa nos passa a sensação de empatia e companheirismo. Também pode ser interpretada como uma cor romântica e também divertida. Representa doçura e ternura.

 

Agora que vimos um pouco dos significados das cores, vamos aprender um pouco sobre o círculo cromático e como ele funciona. Mas antes vamos entender como surgiu. 

Por volta de 1665 Isaac Newton fez um experimento e descobriu que a dispersão da luz branca ao atravessar um prisma de vidro dá origem a uma diversidade de cores. E somente em  1920 que Johannes Itten, conseguiu tornar círculo cromático uma ferramenta-padrão para o ensino do design e das artes que é utilizado até nos dias de hoje.

 

Fonte: Primária



O círculo cromático formado por cores primárias, secundárias e terciárias:

 

Primárias: Vermelho, amarelo e azul;

Secundárias: Verde, laranja e violeta;

Terciárias: combinações das cores primárias e secundárias.

 

Fonte: Primária

 

Cores Monocromáticas 

 

As cores monocromáticas são fáceis de serem aplicadas em prática, na teoria também é bem simples, é a mesma cor com diferentes tonalidades. No exemplo abaixo, vemos o círculo cromático indicando o azul e suas tonalidades.

 

Fonte: Primária

 

Cores Análogas

 

Nas cores análogas, podemos escolher uma cor e pegar uma outra cor próxima, criando pouco contraste.

Exemplo: Podemos pegar o vermelho e analisar as cores em sua volta, o rosa e o laranja criam essa composição de cores análogas.

 

Fonte: Primária

 

Cores Complementares

 

Aqui escolhemos cores opostas no círculo cromático justamente para dar alto contraste. Essa combinação é moderna e está super em alta! 

Fonte: Primária

 

Cores Tríade 

 

Aqui usamos três cores contrastantes do círculo cromático, normalmente as cores estão em três pontos distintos do círculo, formando então um triângulo.

 

Fonte: Primária



E aí, o que você achou deste conteúdo? Quer ficar por dentro de outros artigos como esse? acesse nosso Instagram e fique por dentro de todas as novidades!